segunda-feira, julho 22, 2024
spot_img
spot_img
InícioAssembleia Legislativa do ParanáAudiência pública debaterá sobre população em situação de rua

Audiência pública debaterá sobre população em situação de rua

spot_img

O presidente da Comissão de Segurança Pública, deputado Soldado Adriano José (PP), é o proponente da audiência pública “A População de Rua e a Ordem Pública no Paraná”, que acontece na próxima segunda-feira (23), às 9 horas, no Auditório Legislativo da Casa. “Essa oportunidade será valiosa para analisar as questões que envolvem essa temática”, afirma o parlamentar.

“O objetivo do encontro é estabelecer um diálogo aberto e inclusivo sobre esse tema complexo, onde as preocupações e ideias diversas possam ser ditas e consideradas, buscando soluções conjuntas”, ressalta Soldado Adriano José. 

Para o presidente da Abrabar-PR, Fabio Aguayo, a audiência é fundamental para discutir as questões que envolvem esse assunto, não apenas na capital, mas também nos grandes centros urbanos e pequenas cidades paranaenses.

Ele destacou a importância da participação de entidades da sociedade civil que lidam diretamente com essa realidade, como os bares e restaurantes, que sofrem com furtos e depredações e enfatizou a necessidade de buscar mecanismos e direcionamentos corretos para lidar com essa situação, envolvendo tanto o governo federal quanto o estadual, em conjunto com a sociedade civil e as entidades envolvidas.

O deputado Soldado Adriano José tem se mostrado sensível a essa problemática e busca integrar os diferentes setores da sociedade na construção de soluções eficazes, respeitando os direitos humanos. Para ele é através do engajamento e da contribuição de todos que será possível encontrar soluções efetivas e humanitárias para essa realidade. “A presença dos cidadãos fortalecerá os esforços coletivos em busca de uma comunidade mais justa e solidária, proporcionando um futuro melhor para aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade”, conclui.

Notícias Relacionadas

2 COMENTÁRIOS

  1. Tema vai ser tenso já que existe gente que defende que eles permaneçam tomando as ruas e comentados por uma dúzia de ONGs que se abastecem com dinheiro de emendas parlamentares. Como está não há mais como se permitir, isso é fato!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img
spot_img
spot_img

Notícias Recentes

- Advertisment -