Vereadora de Curitiba foi conduziada ao Gaeco para depor sobre ‘rachadinhas’

Fabiane Rosa (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

A atual da legislatura da Câmara Municipal de Curitiba já tem a segunda vereadora da causa animal sendo investigada por “rachadinhas” (quando um funcionário comissionado devolve parte do salário) – a primeira foi Kátia Dittrich, a Kátia dos Animais de Rua, condenada em primeira instância pela Justiça.

Agora pela manhã, Fabiane Rosa (PSD), pré-candidata e aliada do prefeito Rafael Greca na casa de leis, foi conduzida ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), no bairro Ahú, após cumprimento de mandados de busca e apreensão no gabinete dela e na residência.

66 COMENTÁRIOS

  1. Um amigo que trabalhou com ela disse que ela achava natural pegar salariais dos seus comissionados pois eles trabalhavam pouco e ganhavam muito era melhor dar ração aos cachorrinhos

  2. Ela é uma vergonha para o PSD, eu como filiado tenho nojo de gente assim que rouba as pessoas que a ajudam chegar ao poder !
    Tem que ser presa mesmo e apodrecer na cadeia sua ladra, saiba que vc é uma vergonha para a nação !

  3. A Legislatura que poderia ficar conhecida como a “Legislatura da causa animal” entra para a história como a “Legislatura da rachadinha”
    como bem colocou o Valfrido, que cachorrada….

  4. O Ney Leprevost como presidente municipal do partido se quiser se eleger tem que se afastar dessa aí e do Jairo Marcelino que é Greca até o pescoço.

  5. É uma vergonha votar a favor de projetos do prefeito em troca de cargo para guardinha dela e por ironia do destino um agente da lei vê sua amada atrás das grades. Kkkk

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here