Escadinhas evitam compor com siglas da base de Rafael Greca

Palácio Rio Branco (Foto: CMC/Arquivo)

Os escadinhas, que foram candidatos nas eleições de 2016 e fizeram entre 500 a 2500 votos – ficando distantes dos números necessários para se elegerem – estão sendo assediados pelos partidos com dois ou mais vereadores eleitos.

Mas a maioria resiste ao assédio, especialmente partidos da base aliada do prefeito Rafael Greca (DEM), alegando que foram esquecidos pela prefeitura e pelos vereadores aliados na distribuição de cargos.

Na lata respondem que apenas amigos e cabos eleitorais tiveram a regalia de um trabalho na atual administração e poucos, inclusive o prefeito, cumpriram a palavra com os não eleitos.

6 COMENTÁRIOS

  1. Coitados destes escadinhas os vereadores e partidos que apoiam ou do poder.do prefeito atual e ou governador enrolaram os coitados com promessas de cargos,.na verdade único interesse p .completar legenda p reeleger os atuais vereadores

  2. A camara é um policomite eleitoral, existe para o assistencialismo, e rachadinhas.
    É preciso ter parâmetro de qualificação e capacidade para representarem o povo.
    Agem como lacaios e serviçais do poder executivo. Não produzem relatórios de desempenho das secretarias, do IPPUC enfim da administração PORQUE ? SISTEMA BLINDADO além dos acordos e do jogo combinado, urubu nas costas do boi, se satisfaz com os carrapatos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here