Prefeitura começa caçar potenciais infiéis

Nos corredores do Palácio 29 de Março as rodas de fofocas são de que a administração do prefeito Rafael Greca tem um grupo para identificar os infiéis com cargos na Prefeitura e as especulações apontam que devem fazer parte: o secretário de Governo Luiz Fernando Jamur, o assessor Lucas Navarro e membros do staff do marketing e da comunicação.

O Diário Oficial de Curitiba vem registrando há algum tempo, as saídas de indicações de antigos aliados e hoje flertando com outros pré-candidatos, como Fernando Francischini (PSL), João Arruda (MDB) e Ney Leprevost (PSD) e a entrada de novos.

As apostas da rádio corredor são para saber quais os vereadores da base aliada vão permanecer após junho do próximo ano.

Muitas fofocas deste comitê de cortes chegam através de agentes políticos dos partidos pequenos, municiados por informações obtidas nas salas adjacentes a do prefeito.

A Prefeitura de Curitiba enviou uma nota de esclarecimento afirmando não proceder a informação.

Não tem procedência em fatos o conteúdo da nota “Prefeitura começa caçar potenciais infiéis”.
A administração do prefeito Rafael Greca não tem nenhum grupo destinado a tal fim, conforme consta na nota.
Os secretários, bem como assessores e servidores das secretarias e órgãos municipais, dedicam-se a tocar os projetos e políticas públicas que nos últimos dois anos e quase nove meses promoveu, primeiro, a recuperação da cidade e, agora, seu pleno desenvolvimento.

Palácio 29 de Março (Foto: Facebook)

6 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here