Rafael Greca pretende fechar 36 UBS

Marcia Huçulak,Cibele Fernandes Dias, Rafael Greca e Luiz Fernando Jamur (Foto: SMCS/Arquivo)

A superintendente da Secretaria de Saúde de Curitiba, Beatriz Battistella, confirmou na segunda-feira que a prefeitura pretende fechar 36 das 111 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da capital paranaense, em plena crise na área, causada pela administração contestada do prefeito Rafael Greca (DEM), pré-candidato à reeleição, e pela pandemia de coronavírus.

Os ex-vereadores José Carlos Chicarelli (MDB) e Pedro Paulo (PT) foram os primeiros a trazer a questão em grupos de ‘Whatsapp’, por acreditarem que Curitiba precisa de menos asfalto e mais cuidados com a saúde do curitibano, em tempos de Covid-19.

Os sindicatos dos servidores apontam a atual gestão como inimiga da saúde e do funcionalismo.

12 COMENTÁRIOS

  1. Dificil acreditar
    Mas se for verdade
    O atual prefeito se gravava na gestão dele nada fecha
    Segundo Margarita jogava a chave fora e nada fechava
    Puxa…

  2. Prefeito Rafael
    Sempre se mostrou digno e competente para gestão de nossa cidade .
    Será reeleito no primeiro turno.
    Planejador e administrador consciente das necessidades de uma cidade que sempre nos orgulha como paranaenses .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here