Professora Josete vive período de paz e amor

A outrora combativa Professora Josete (PT) vive um período que podemos chamar de paz e amor – anteriormente ela tretava até mesmo com a sombra, como os ex-companheiros de partido.

O ex-vereador Pedro Paulo (PT) cansou de reclamar da falta de diálogo dela com os integrantes da bancada de oposição desde 2005.

Hoje, única representante da legenda na Câmara Municipal de Curitiba, pelo jeito aprendeu: toda vez que aparece um assunto polêmico, Josete puxa o líder do prefeito Rafael Greca (DEM), Pier Petruzziello (PDT), para uma conversa privada.

A base de apoio aceita, por acreditar que acertando os ponteiros com a parlamentar, os adversários de Greca perdem o discurso e vão ficar calados.

O resultado do trabalho de boa vizinhança apareceu: nas gestões de Beto Richa (2005-2010), de Luciano Ducci (2010/2011) e parte da de Gustavo Fruet (2013/2016) ela esnobava as emendas parlamentares, e desde o ano passado as emendas de colégios começaram a sair a torto e a direito.

Um vereador da base disse ao blog que a petista atacou mais o Fruet, Richa e Ducci do que Greca.

Professora Josete (Rodrigo Fonseca/CMC)

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here