Gleisi Hoffmann é citada na delação de Antônio Palocci

O ex-homem forte dos governos petistas de Luiz Inácio Lula da Silva e de Dilma Rousseff, Antonio Palocci delatou a deputada paranaense Gleisi Hoffmann que ela teria recebido de três empreiteiras diferentes R$ 3,8 milhões na campanha de 2010 ( R$ 1 milhão da Camargo Corrêa, R$ 2 milhões da Odebrecht e R$ 800 mil da OAS).

Palocci disse que repassou a Gleisi, R$ 2 milhões, via caixa dois – antes, na eleição municipal de 2008, a parlamentar paranaense também foi acusada de receber recursos indevidos em um shopping de Curitiba.

Gleisi Hoffmann (Foto: Moreira Mariz/Agência Senado)

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here