Prefeito de Porto Amazonas pode perder o mandato por contratações irregulares

O prefeito de Porto Amazonas, Antônio Altair Polato (PPS), vem sendo investigado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) no município de Porto Amazonas, cidade de pouco mais de 5 mil habitantes, localizada a 70 km de Curitiba, por ter nomeado as esposas e filhos de vereadores, segundo a denúncia, numa tentativa de compor maioria na Câmara Municipal.

O MP pediu informações à prefeitura da função funcional dos comissionados.

Caso haja irregularidades, o prefeito tem 30 dias para promover as exonerações e deve responder judicialmente, além de correr risco de perder o mandato.

Antônio Altair Polato (Foto: Facebook)

3 COMENTÁRIOS

  1. O Sistema de Saúde de Porto Amazonas também está ficando a desejar, exames não são mais autorizados pelo posto de saúde. Precisamos precisa rever essa questão também referente a Secretária da Saúde da cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here