PSDB tenta deixar a síndrome de Beto Richa

Esta semana será decisiva para os tucanos curitibanos deixarem de lado a síndrome de Beto Richa, problema causado por relações duvidosas com empreiteiros e investigadas pelo Ministério Público Federal do Paraná, tendo como resultado três prisões do ex-prefeito de Curitiba e como consequência, um resultado pífio nas urnas no ano passado.

O PSDB da capital paranaense vai fazer a convenção no próximo domingo, dia 14, após fazer a “mea culpa” e reconhecer que o partido para sobreviver no competitivo mundo político, vai precisar se reinventar e encontrar soluções novas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here