Fim das coligações pode mudar o panorama político de Curitiba

Com o fim das coligações previstas para acontecer pela primeira vez na eleição de 2020, o mapa eleitoral da Câmara Municipal de Curitiba deve passar por uma mudança radical, já que os partidões que só sobreviviam com chapões, serão obrigados a entrarem no varejo atrás de candidatos.

Legendas como o PDT com cinco vereadores, o PSD com quatro, PSB e PSDB com três podem ter dificuldades na organização das chapas e correm o risco de perder vagas na casa legislativa.

A situação mais confortável é do PSD, que pode aumentar o número de vereadores, com a provável candidatura de Ney Leprevost.

Dirceu Piana, Ratinho Junior e Ney Leprevost (Foto: divulgação/arquivo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here