Ex-prefeito de Araucária é condenado em ação por improbidade administrativa

O ex-prefeito de Araucária em 2016, Rui Sérgio Alves de Souza, a filha Fernanda Buffon Alves de Souza, o genro Huill Scheiiffer e a amiga da filha Elaine Fernanda Hefler de Mello foram condenados pelo Juízo da 2ª Vara da Fazenda Pública da comarca.

A sentença responde ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada pela 5ª Promotoria de Justiça do Foro Regional de Araucária. Os valores somados das sanções de ressarcimento ao erário e multa civil aplicada aos réus chegam a R$ 274.591,66.

De acordo com a ação, o ex-prefeito (que está preso desde 2016) nomeou o genro para o cargo de “assessor de secretário municipal I”, com vencimentos de R$ 9.175,14, com o único objetivo de beneficiar a filha e o marido, pois o genro sequer exerceu as atividades para o qual foi contratado, recebendo a remuneração sem a devida contraprestação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here