Câmara Federal busca jeitinho para sanar irregularidades

Ontem, o plenário da Câmara Federal aprovou o substituto do deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP) anistiando partidos que não tenham aplicado 5% dos recursos do Fundo Partidário, criado para estimular a participação feminina na política

A anistia abrange penalidades como a rejeição das contas ou o aumento de 12,5% dos recursos não gastos e vale para os partidos que tenham usado esse dinheiro em campanhas eleitorais de candidatas mulheres até as eleições de 2018.

Câmara Federal (Foto: Agência Câmara)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here