TSE confirma cassação do presidente da Câmara de Paranaguá

O portal da Massa News informa que o ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), confirmou a cassação do vereador Marcus Roque (PODE), presidente da Câmara Municipal de Paranaguá, no litoral. O político é irmão do prefeito Marcelo Roque e foi considerado culpado por infidelidade partidária.

Conhecido como “Marquinhos”, o político trocou o MDB – partido pelo qual foi eleito em 2016 – pelo Podemos. A troca de legenda aconteceu em 2018 e, segundo o TSE, não respeitou a legislação eleitoral.

A lei permite a troca de partido de parlamentares eleitos apenas nos casos em que há discriminação ou desvio de projeto partidário. Quando isso não acontece, os políticos precisam aguardar a janela partidária.

Com a cassação de Marquinhos, o vereador Benedito Nagel (PSD) assumirá a presidência da Casa. O suplente João Mendes (MDB) será empossado nesta quarta-feira (27), às 19h, na Câmara Municipal.

Marquinhos Roque (Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Paranaguá)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here