Registro do Pros em Londrina está suspenso

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) não encontra o presidente do Pros de Londrina e ex-chefe de gabinete de André Vargas, condenado na Lava Jato, Sidnei Santos da Silva, para entregar uma intimação.

Os oficiais de justiça do órgão pelo jeito não sabem que ele está lotado no gabinete do deputado federal Toninho Wandscheer (Pros), em Brasília, como secretário parlamentar.

Silva está sendo procurado devido a inadimplência do Pros em relação ao envido da prestação de contas parcial da campanha das eleições 2018, igualmente a omissão na entrega da prestação de contas final.

A Justiça Eleitoral como pena condenou a legenda a perda do direito ao recebimento da quota do Fundo Partidário, bem como a suspensão do registro do partido.


Toninho Wandscheer (Foto: Agência Câmara/Arquivo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here