MP aponta indícios de irregularidades na terceirização da saúde em SJP

O Conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná (TC-PR), Ivens Linhares, determinou a citação de São José dos Pinhais para que preste esclarecimentos sobre supostas irregularidades na terceirização de serviços de saúde nos anos de 2017 e 2018 – o fato foi indicado pelo MP de Contas do Paraná,

Ao analisar a estrutura de saúde de São José dos Pinhais, o TC-PR verificou que a gestão de Toninho Fenelon criou 346 cargos de médico, 40 cargos de médico – PSF, 343 cargos de médico 20 horas e 3 cargos de médico 40 horas.

Com base nessas informações foi realizado um exame do quadro de cargos disponibilizado no Portal da Transparência, no qual consta que atualmente há cerca de 279 médicos ativos no município, distribuídos entre diversas especialidades.

O cruzamento dessas informações indicou um déficit significativo do número de médico efetivos quando comparada à quantidade de cargos criados por lei.

São José dos Pinhais (Foto: PMSJP/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here