Prefeito afastado de Rolândia apresenta como testemunha senador do Pará

Cláudio Osti conta que o prefeito afastado de Rolândia, Luiz Francisconi, está usando aquela velha estratégia de criar subterfúgios para não depor à Comissão Processante na Câmara Municipal.

Francisconi é acusado de improbidade administrativa e está afastado da função por determinação da Justiça.

Ele deveria depor esta semana na CP mas disse que só falará aos vereadores depois do depoimento de uma testemunha de defesa: um senador do PT do Pará, Paulo Roberto Galvão da Rocha.

(Foto: divulgação)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here