Promoção de PMs pode ser suspensa devido irregularidades

Futuro governo pretende fazer uma auditoria nas contas públicas do Paraná (Foto: Divulgação/AEN)

No dia 18 de dezembro a governadora Cida Borghetti (PP) anunciou a promoção de cabos para terceiros sargentos da Polícia Militar e agora o benefício pode ser suspenso por irregularidades do decreto.

Segundo parecer da Procuradoria Geral do Paraná a decisão é ilegal, por ter sido concedida nos últimos 180 dias de governo e devido ao limite prudencial das despesas públicas de pessoal que em setembro estava em 44,10%, próximo de 46,44%, no limite de ultrapassar o recomendado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

O futuro secretário da Casa Civil, Guto Silva (PSD) não se manifestou sobre um possível cancelamento, mas afirmou que o governo de Ratinho Junior (PSD) vai fazer uma auditoria para saber da real saúde financeira do Paraná.

Segundo o futuro líder de Junior na Assembleia Legislativa do Paraná, Hussein Bakri (PSD), “os números não tiveram a correta publicidade”.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here