Esquema de segurança para a posse de Bolsonaro inclui mísseis antiaéreos

Esquema será semelhante à da Copa do Mundo (Foto:divulgação)

O esquema de segurança para a posse do presidente Jair Bolsonaro (PSL), no dia primeiro de janeiro, em Brasília, vai incluir até mesmo mísseis antiaéreos, com o céu da cidade fechado para aeronaves não autorizadas.

O delineamento repete o que foi feito durante a Copa do Mundo de 2014 e nas Olímpiadas de 2016 quando havia um círculo de proteção a partir de 150 km da área da posse de Bolsonaro.

O cuidado é para evitar ações terroristas, já que entre os convidados confirmados na posse está o primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here