Lula pode ter tido crise de abstinência na prisão pela falta de álcool

O pedido dos advogados do ex-presidente Lula, de esteira ergométrica e o cadastro de dois médicos para acompanharem a saúde do petista condenado a 12 anos de prisão pelo juiz Sérgio Moro e pelo TRF-4, mostra que tem tudo anda bem no terceiro andar do prédio da superintendência da Polícia Federal de Curitiba. Informações desencontradas apontam que ele teve crises de abstinência pela falta da famosa “caninha”. Como resultado ele teria acumulado peso. Por esse motivo teria ocorrido o pedido e a liberação da esteira para exercícios físicos. Antes de ser preso no mês passado, Lula tinha sinais de embriaguez.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here