segunda-feira, julho 22, 2024
spot_img
spot_img
InícioPolítica CuritibaNovo candidato de renovação ou aliança vitoriosa?

Novo candidato de renovação ou aliança vitoriosa?

spot_img

Paulo Martins (PL) é o nome que está sendo cada vez mais comentado nos bastidores e que está ganhando destaque no cenário político de Curitiba. À medida que a gestão de Rafael Greca (PSD) perde a tinta da caneta, ele se torna um “pato manco” (“lame duck”), o apoiador do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece como um prefeiturável com potencial para ajudar Eduardo Pimentel (PSD) a liderar a cidade rumo a um novo futuro.  

Com uma carreira construída como jornalista e deputado federal, Paulo Martins traz consigo uma combinação única de experiência e convicções firmes.

O compromisso com princípios conservadores no campo social e uma abordagem liberal na economia, que inclui a defesa das privatizações, redução de impostos, fim do controle excessivo do Estado e a desburocratização, encontram eco em uma parcela significativa dos eleitores curitibanos.  

A conexão de Paulo Martins com Jair Bolsonaro é um fator crucial. O ex-presidente, que possui uma base de apoio robusta em Curitiba, pode proporcionar ao provável vice de Eduardo Pimentel, o impulso necessário para a dupla deslanchar nas urnas.  

Eduardo Pimentel, candidato da situação, enfrenta um desafio considerável. Com fortes nomes como Ney Leprevost (UB), Beto Richa (PSDB), Luciano Ducci (PSB) e Roberto Requião (Mobiliza) no páreo, a corrida para um segundo turno parece quase inevitável.

No entanto, uma aliança com Paulo Martins poderia alterar esse cenário, oferecendo uma chance de vitória no primeiro turno. Claro, essa aliança teria que equilibrar as ambições e prioridades de ambos os lados, garantindo que o ex-deputado tenha um papel significativo na administração.  

A presença de Jair Bolsonaro fortalece ainda mais a candidatura de Martins, e atento a isso Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), que também goza de popularidade pode tentar juntar o seu apoiado Eduardo Pimentel, um aliado estratégico fundamental do governador.  

No entanto, uma possível candidatura própria de Paulo Martins poderia trazer mais empecilhos à eleição do candidato da situação e incluiria nos debates um verdadeiro gladiador da política, com voz ativa e posicionamentos e ideias claras.

A facilidade em comunicar e expressar suas convicções de maneira contundente o destacaria como um adversário formidável, capaz de dominar e influenciar as discussões dos debates.

Assim, diante do bom relacionamento do governador Ratinho Junior com Jair Bolsonaro, uma aliança vitoriosa para Curitiba poderia ser fundamental.  

Enquanto o governo de esquerda de Luiz Inácio Lula da Silva está em declínio, buscando recuperar a confiança da população, o PL de Jair Bolsonaro surge como uma figura forte e resoluta, capaz de trazer uma nova direção para Curitiba.  

A eleição para a Prefeitura de Curitiba será decidida não apenas pelas propostas políticas, mas também pela capacidade de construir alianças e mobilizar apoios.

Paulo Martins, com a trajetória dele e as conexões com Jair Bolsonaro e Ratinho Junior, surge como um nome forte, pronto para influenciar significativamente o rumo da capital paranaense.  

O conservador Paulo Martins representa uma visão de futuro que combina tradição e inovação, buscando o melhor para Curitiba. Ele traz consigo a esperança de mudanças positivas, ancoradas em valores firmes e no apoio de figuras influentes como Jair Bolsonaro e Ratinho Junior.  

A vinda do PL na campanha de Eduardo Pimentel seria um impulso diante dos tempo de televisão e orçamento, além de configurar uma chapa jovem de sangue novo.

Ratinho Junior e Eduardo Pimentel (Foto: Roberto Dziura Jr AEN)
Notícias Relacionadas

7 COMENTÁRIOS

  1. Essa imagem RENOVA nossas esperanças por um país DECENTE e LIVRE e com MENMOS IMPOSTOS! Me da enjoo ver fotos da esquerdalha trotkista, cheia de mofo, lançando Ducci, Requião, SANTODOES! Ninguém aguenta mais essa turma que acha que tem a solução para todos nossos problemas e só nos enfiaram impostos goela abaixo! FORA ESQUERDALHAS!

  2. Renovação com o Pimentel que é neto de político? Vá tomar no cool, Tupan.
    Me admiro muito o Paulo Martins se apequenar e se sujeitar a ser vice de um piá de prédio. Se o Paulo Martins quiser, basta uma candidatura própria com apoio do Bolsonaro que ele passa o trator no Pimentel.

  3. Complementando,
    se o Paulo Martins concorrer em uma candidatura própria, ele ganha o meu voto.
    Se o Paulo Martins virar vice do Pá de Prédio, eu votarei em outro porque eu não voto em vice.

  4. Esse Arlindo deve ser um Petista enrustido que está louco para o segundo turno. O lançamento de Eduardo Pimentel e Paulo Martins em chapas separadas só divide o eleitorado e beneficia a esquerda! Só um comedor de abóbora (picanha ) do Lula espera isso! A divisão da direita possibilitou a eleição de nine! Esse comentário deve ser da turma do Luciano Ducci da Prefeitura que torce por um segundo .
    Seu voto deve ser no boca mole! Kkkk

    • Meu voto é em uma direita séria, como o Paulo Martins (se não se apequenar como vice) ou Cristina Graeml, e não em um piá de prédio que chegou ontem e que tem apoio de um desarmamentista como Ratinho Jr.

      À propósito, me diga quais as pautas de direita que o Pimentel tem?

  5. Se Paulo Martins concorrer com o apoio de Bolsonaro será prefeito de Curitiba para o desespero do esquerdista Greca ! Imagine Bolsonaro subindo no palanque de Paulo Martins! A esquerda pira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img
spot_img
spot_img

Notícias Recentes

- Advertisment -