segunda-feira, julho 22, 2024
spot_img
spot_img
InícioCulturaOpções Culturais para Curitiba são de tirar o fôlego

Opções Culturais para Curitiba são de tirar o fôlego

spot_img

Entra na última semana a melhor pedida para os apreciadores de literatura, a exposição “Beijo de Língua”, com poemas traduzidos pelo imortal Thadeu Wojciechowski, um ícone da poesia paranaense, e “As Lavadeiras”, uma mostra de poesias ilustradas, que estão no hall da Biblioteca Pública do Paraná (BPP).

No Teatro Guaíra, Arnaldo Antunes se apresenta ao lado do pianista Vitor Araújo, trazendo ao público o recém-lançado álbum “Lágrimas no Mar” em um espetáculo de voz e piano. No Miniauditório, duas peças são oferecidas ao público: “Dito”, que explora os diálogos entre pai e filho, e “Medo da Morte das Coisas”, que segue uma mulher em seu apartamento refletindo sobre a durabilidade dos objetos.

O Museu Paranaense (MUPA) apresenta no sábado o documentário “Leoas: o legado feminino no Maracatu Leão Coroado”, que discute o papel central das mulheres negras na cultura e religião, seguido por uma conversa com Karen Aguiar, a diretora do filme.

A edição de maio do Jornal Cândido, da Biblioteca Pública do Paraná (BPP), já está disponível. A capa homenageia os 40 anos da morte do escritor Julio Cortázar.

A programação da semana inclui os Laboratórios de Investigação temáticos “MON Primeiros Passos” e “Acesse para Perceber” no Museu Oscar Niemeyer (MON), um bate-papo sobre a arte paranaense e os seguidores de Alfredo Andersen no Museu Casa Alfredo Andersen (MCAA) e a quarta-feira musical do projeto Tons Vizinhos no Museu da Imagem e do Som (MIS-PR).

Confira a programação completa:

Biblioteca Pública do Paraná (BPP)

Jornal Cândido – A 150ª edição, do mês de maio, do periódico on-line da Biblioteca Pública do Paraná já está disponível pelo link https://www.bpp.pr.gov.br/Candido, com uma reportagem especial sobre os 40 anos da morte do escritor Julio Cortázar e seu vínculo com a capital da Argentina, Buenos Aires. A publicação também traz o terceiro texto da série “Mulheres contra a Ditadura”, uma entrevista com o escritor, jornalista e crítico literário, José Castello, e outros conteúdos inéditos.

Ler Junto, com Guilherme Shibata – Todas as segundas-feiras, às 18h30, acontece o encontro para leitura guiada e discussão com o público sobre os contos da literatura brasileira e mundial. O próximo texto, no dia 20, é o conto “O Bebê de Tarlatana Rosa”, de João do Rio, no Auditório da BPP.

Oficina Permanente de Poesia – Todas as quintas-feiras, das 18h às 19h45, é realizada a Oficina Permanente de Poesia, coordenada pela escritora Lilia Souza, no Coworking. A atividade é aberta para todas as idades, sem necessidade de inscrição. Além dos estudos sobre grandes autores, modalidades poéticas e sessões de declamação – com a condução de membros da Academia Paranaense da Poesia e convidados da cena literária estadual –, há aulas práticas para produção de poemas e reuniões sobre trovas. Os encontros são abertos para todas as idades, sem necessidade de inscrição.

Lançamento de livro, com sessão de autógrafos e bate-papo – No sábado, dia 18, a autora Joema Carvalho lança seu livro “Crônicas de uma Jornada Florestal”. A obra, composta por textos que descrevem paisagens, é fruto de três anos de colaboração como colunista do Facetubes, site da Academia Poética Brasileira. É às 10h, no Hall Térreo da BPP.

Roda de leitura 60+ – Encontros quinzenais (duas vezes por mês) voltados para o público acima de 60 anos, focados na leitura e discussão de obras da literatura mundial e de ciências que promovam a saúde socioemocional. É na segunda-feira, dia 20, às 15h, na Sala de Reuniões do segundo andar.

Lançamento de livro, com sessão de autógrafos e bate-papo – Na próxima quinta-feira, dia 23, a autora Gisela Maria Bester lança o livro “Pinte-me de Azul”. A obra, composta por poemas, mostra uma poesia crítico-social feminista, antirracista, insurgente contra as violências laboral, ambiental e de gênero. É às 17h, no Hall Térreo.

Exposição “Beijo de Língua” – Apresenta 30 painéis com traduções subversivas de poemas escolhidos por Thadeu Wojciechowski. A mostra permanece no Hall Térreo da Biblioteca Pública do Paraná (BPP) até o dia 22 de maio. 

Exposição “As Lavadeiras” – Apresenta 12 telas que convidam os visitantes a explorar poesias ilustradas, que também foram organizadas em cartões postais do livro-objeto que leva o mesmo nome da instalação. A exposição permanece na Seção de Belas Artes, no terceiro andar, até o dia 24 de maio.

Projeto Cine Inclusivo (filmes) – Sessões com exibição de filmes com audiodescrição para pessoas com deficiência visual.

Títulos disponíveis: 

“Os Olhos do Pianista” – Curta-metragem com audiodescrição e janela de Libras – Duração: 5 minutos – Classificação indicativa: livre.

“Retrovisor” – Curta-metragem com audiodescrição e janela de Libras – Duração: 1h45 – Classificação indicativa: +10 anos.

“Menina da Chuva” – Curta-metragem com audiodescrição e janela de Libras – duração: 6 minutos – classificação indicativa: livre.

Horário: 8h30 às 18h – Segunda a sexta-feira. O agendamento do Cine Inclusivo é feito pelo telefone: (41) 3221-4985.

Museu da Imagem e do Som (MIS-PR)

Raridades – Nesta sexta (17), das 16h às 17h, o museu exibe os curtas “Neve de 1974” e “Inauguração do MIS-PR”, filmagens inéditas de Curitiba que estão no acervo do museu, digitalizadas em parceria com a Cinemateca de Curitiba. Entrada livre e gratuita.

Quarta Musical – Nesta quarta (22), às 18h, o museu recebe a apresentação musical de Samuel Strapasson Quarteto. Na guitarra, o próprio Samuel Strapasson toca acompanhado de Keyson Patrick no saxofone, Hemerson Vieira no baixo elétrico e Sérgio Freitas na bateria. O repertório faz parte do projeto Tons Vizinhos – parceria entre MIS-PR e Unespar –, que toda quarta-feira leva música de qualidade ao museu, em apresentações que contemplam diversos ritmos e gêneros. Entrada livre e gratuita.

Museu Casa Alfredo Andersen (MCAA)

Papo artístico – Na próxima quarta (22) das 14h às 15h30, a pesquisadora e curadora Rosemeire Odahara Graça, professora da Faculdade de Artes do Paraná (Unespar), irá compartilhar insights e outros saberes da pintura paranaense na conversa “Apresentando os Gêneros da Pintura Pelas Obras de Alunos de Alfredo Andersen”. Por trás das pinceladas de alguns dos discípulos mais notáveis de Alfredo Andersen, como José Daros e Theodoro De Bona, está um pouco da história da pintura paranaense e dos gêneros artísticos. O papo faz parte da programação da 22.ª Semana Nacional de Museus e a entrada é livre e gratuita.

Museu Paranaense (MUPA)

Documentário – Parte da programação da 22ª Semana Nacional de Museus, no sábado (18) às 14h, o museu exibe o documentário “Leoas: o legado feminino no Maracatu Leão Coroado”. A partir de vivências de mulheres de diferentes gerações no Maracatu Nação Leão Coroado, grupo com 160 anos de tradição que até poucos anos atrás era liderado e protagonizado por homens, o filme debate a ancestralidade, religião, cultura e o protagonismo de mulheres negras. 

Seguindo a exibição do filme, das 14h30 às 15h, Karen Aguiar, diretora do documentário e integrante do Maracatu Leão Coroado, abre o espaço para conversa. O bate-papo visa refletir algumas temáticas como a importância das mulheres na manutenção de culturas populares, com enfoque na trajetória de mulheres dentro da Nação de Maracatu Leão Coroado. Entrada livre e gratuita.

Oficina de Maracatu – Logo após o bate-papo, no sábado (18), das 15h às 18h, Karen Aguiar dará a oficina de baque virado na linguagem do Maracatu Leão Coroado, tanto para quem já toca maracatu ou tem noção musical, como a iniciantes, com pouca ou nenhuma prática. Com as vagas já esgotadas, os inscritos precisam levar os próprios instrumentos: tambor/bombo/alfaia, caixa, agogô/gonguê e/ou ganzá. 

Nova exposição – Já está em exibição a exposição “Lenora de Barros: Fogo no Olho”, com curadoria da escritora e pesquisadora Pollyana Quintella que traz um recorte dos 40 anos de estrada da artista paulistana Lenora de Barros. Na coletânea estão obras como Poema (1979), Língua Vertebral (1998) e Fogo no Olho (1994) – que dá nome à exposição –, até trabalhos menos conhecidos, como o vídeo “Procuro-me” (2003). Em cartaz até 24 de junho.

Museu Oscar Niemeyer (MON)

Laboratório de investigação “MON Primeiros Passos” – Na segunda (20), às 10h, esse laboratório vai reunir pessoas interessadas em aprofundar pesquisas, práticas e experiências possíveis no desenvolvimento de ações focadas no público infantil de 1 a 2 anos. A atividade faz parte da 22ª Semana Nacional de Museus e é gratuita, mas exige inscrição prévia.

Laboratório de investigação “Acesse para Perceber” – Na segunda (20), às 14h30, esse laboratório reunirá pessoas interessadas em aprofundar pesquisas, práticas e experiências possíveis no desenvolvimento de ações focadas no público espontâneo. A atividade faz parte da 22ª Semana Nacional de Museus e é gratuita, mas exige inscrição prévia.

Centro Cultural Teatro Guaíra

Guairão

Arnaldo Antunes e Vitor Araújo – Lágrimas no Mar –  “Um disco que tem uma vontade engasgada de chorar”. Essa é uma das maneiras que Arnaldo Antunes define o recém-lançado álbum “Lágrimas no Mar”, feito em parceria com o pianista pernambucano Vitor Araújo. Em formato voz e piano, o show homônimo traz os artistas ao Teatro Guaíra no sábado (18), às 21 horas. Os ingressos estão à venda pelo Disk Ingressos a partir de R$ 150.

Guairinha

“Luiz e Nazinha – Luiz Gonzaga para Crianças” – Visto por mais de 200 mil pessoas, o musical infantil “Luiz e Nazinha – Luiz Gonzaga para Crianças” chega ao auditório Salvador de Ferrante (Guairinha), nos dias 17 e 18 de maio, às 19h, e dia 19 em duas sessões: às 11h e às 16h.

O espetáculo faz parte do projeto “Grandes Músicos para Pequenos”, com o objetivo de levar para os palcos nomes importantes da cultura brasileira em montagens que mesclam biografia e canções do artista homenageado, aproximando gerações em espetáculos para toda a família. Os ingressos estão disponíveis pela Ticket Fácil a partir de R$ 20.

Miniauditório

“Dito” – A peça coloca em perspectiva as narrativas de um pai e um filho e abre uma possibilidade ficcional de diálogo entre eles. Na peça, o ator investiga sua própria trajetória através do espelhamento da história de seu pai: as diferenças que os afastam e que os aproximam, a herança genética e o laço delicado que define uma relação entre dois homens, um pai e um filho. A apresentação acontece nas sextas e domingos às 19h e sábados às 20h30, com entrada gratuita e ingressos distribuídos 1 hora antes de cada apresentação. Apresentações em Libras nos dias 25 de maio e 1º de junho.

“O Medo da Morte das Coisas” – A obra investiga a durabilidade e a necessidade de manutenção das coisas e das relações, acompanhando uma mulher que dança e revela suas memórias em um apartamento antigo que mostra marcas de desgaste do tempo e precisa de cuidados. Ao observar as manchas, o mofo, as rachaduras e vazamentos ela se volta para dentro de si e se confunde com o lugar.

Em cartaz de 17 de maio a 2 de junho, sextas e domingos às 20h30, e sábados às 20h30. A entrada é gratuita, com ingressos distribuídos uma hora antes de cada apresentação. Apresentações em libras nos dias 25 de maio e 1º de junho.

Teatro José Maria Santos

“Para Onde Foram as Andorinhas” – A obra é inspirada em um documentário homônimo, realizado pelo Instituto Catitu Aldeia em Cena. O espetáculo denuncia o desmatamento, a morte de indígenas e quilombolas, o aquecimento global e demais consequências. As apresentações acontecem nos dias 17 e 18 de maio às 20h, e 19 de maio às 19h. Os ingressos estão disponíveis pelo DeuBalada a partir de R$ 20 (meia-entrada).

Cinema na Praça

Com exibições ao ar livre, o projeto Cinema na Praça leva o entretenimento e a experiência do cinema para espectadores de municípios do interior do Paraná que não possuem salas de exibição. 

Os municípios abaixo exibirão os filmes “Brichos 2″ às 18h30 e “Minha mãe é uma peça 3″ às 20h.

Salto do Lontra  – Sexta-feira (17). Local: Praça Central

Santa Izabel do Oeste – Sábado (18). Local: Praça Central

Ampére – Domingo (19). Local: Praça Central

Pinhal de São Bento – Terça-feira (21). Local: Espaço Turístico Cultural Cândido Tomazoni

Santo Antônio do Sudoeste – Quarta-feira (22). Local: Praça Municipal Percy Schreiner

Pranchita – Quinta-feira (23). Local: Praça em frente à Prefeitura Municipal

Já os municípios abaixo vão exibir “Lino – Uma Aventura de Sete Vidas” às 19h, e “O Palhaço”, às 21h.

Jardim Alegre – Sexta-feira (17). Local: Praça da Igreja Matriz

Quinta do Sol – Sábado (18). Local: Rua Três Marias, esquina com a Rua Hércules s/n

Fênix – Terça-feira (21). Local: Praça Costa e Silva – (Praça do Itaú)

Luiziana – Quarta-feira (22). Local: Praça Romão Martins – (Em frente à prefeitura)

Janiópolis – Quinta-feira (23). Local: Parque de Exposições Rua Goioerê

Endereços:

Museu do Expedicionário

R. Comendador Macedo, 655 – Alto da XV, Curitiba

Museu Oscar Niemeyer (MON)

Rua Mal. Hermes, 999 – Centro Cívico, Curitiba

(41) 3350-4468 / 3350-4448

Museu Paranaense (MUPA)

Rua Kellers, 289 – São Francisco, Curitiba

(41) 3304-3300

Museu da Imagem e do Som (MIS-PR)

Rua Barão do Rio Branco, 395 – Centro, Curitiba

(41) 3232-9113

Biblioteca Pública do Paraná (BPP)

Rua Cândido Lopes, 133 – Centro, Curitiba

(41) 3221-4951

Museu Casa Alfredo Andersen (MCAA)

Rua Mateus Leme, 336 – São Francisco, Curitiba

(41) 3222-8262

Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR)

Funcionando temporariamente no Museu Oscar Niemeyer, Salas 8 e 9

Rua Mal. Hermes, 999 – Centro Cívico, Curitiba

(41) 3323-5328 / 3222-5172

Sala Adalice Araújo

Rua Ébano Pereira, 240 – Centro, Curitiba

Canal da Música – Grande Auditório

Rua Julio Perneta, 695 – Mercês, Curitiba

(41) 3331-7579

Casa Gomm

Rua Bruno Filgueira, 850 – Batel

Centro Cultural Teatro Guaíra

Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto (Guairão) – Rua Conselheiro Laurindo, 175 – Centro, Curitiba

Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha) – Rua XV de Novembro, 971 – Centro, Curitiba

Auditório Glauco Flores de Sá Brito (Miniauditório) – Rua Amintas de Barros, 70 – Centro, Curitiba

Teatro Zé Maria – Rua Treze de Maio, 655 – São Francisco, Curitiba

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img
spot_img
spot_img

Notícias Recentes

- Advertisment -