Prioridades para fevereiro

Ricardo Barros (Foto: Agência Câmara)

Robson Bonin informa na coluna Radar, da Veja, seja qual for o presidente da Câmara a partir de fevereiro, para Ricardo Barros, a prioridade será a mesma: desencalhar a reforma tributária, a reforma administrativa e o texto da autonomia do Banco Central.

O líder do governo Bolsonaro quer aproveitar o início de gestão do novo presidente da Câmara para tocar a pauta. Afinal, se o próximo presidente tiver o mesmo relacionamento que Rodrigo Maia teve com o Planalto, a vida do líder será bem complicada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here