Candidatos de oposição fazem novo debate em praça pública

(Foto: Hedeson Alves)

Mais uma vez candidatos de oposição à prefeitura de Curitiba levam o debate às ruas. Dessa vez a manifestação, amanhã (5), terá início na Boca Maldita, palco de várias lutas democráticas históricas como a pela Anistia e a pelas Diretas. De lá, seguem em caminhada até a praça Santos Andrade onde acontecerá o debate, que seguirá os moldes dos dois anteriores. Tudo poderá ser conferido por meio do canal Palco Aberto Curitiba, no youtube.

“Em tempos sombrios, a democracia deve prevalecer. Todos os partidos têm propostas que merecem e devem ser ouvidas, é disso que a democracia é feita”, diz Paulo Opuszka, candidato pelo PT à prefeitura. Opuszka e os demais candidatos têm insistido para que o atual prefeito e também candidato, Rafael Greca, participe das conversas. Além disso, defendem que todos os concorrentes possam ter espaço. “Ao não permitir que os candidatos apresentem suas propostas os veículos e demais meios contribuem para uma eleição não isonômica. Isso, inclusive, fere os preceitos constitucionais”, observa Opuszka.

Além do petista, já confirmaram presença os seguintes candidatos: Professora Samara (PSTU), Fernando Francischini (PSL), Camila Lanes (PCdoB), João Arruda (MDB) Eloy Casagrande (Rede) e Professor Mocellin (PV).

Serviço:
Data: 5 de novembro/2020
11h – Concentração na Boca Maldita
11h50 – Saída da caminhada até a Santos Andrade
13h – Debate na Santos Andrade

7 COMENTÁRIOS

  1. Em 2021 vamos ter uma nova Curitiba, sem Greca, sem Ricardo Barros, sem Cida Borghetti, sem Luciano Ducci, sem Republicanos, sem Pier Petruzziello, sem Serginho do Posto, sem Thiago Ferro e sim os aloprados do sítio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here