Rafael Greca não tem propostas para Curitiba

Quem assistiu o programa eleitoral de televisão do atual prefeito, descobre que faltam propostas para a capital do Paraná continuar avançando rumo ao século XXII e para tirar o atraso econômico provocado por seis meses de restrições pela administração de Rafael Greca (DEM).

O democrata preferiu mostrar que tudo está bom e puxou o Farol do Saber, com quase 30 anos de vida, para mostrar algo que fez na gestão 1993 a 1996, sem reconhecer os problemas atuais na saúde, na infraestrutura, na educação, no transporte público e na infraestrutura, entre outros.

A inércia de Greca beneficia o adversário Fernando Francischini (PSL) que mostrou a inacabada Linha Verde, sem nenhuma trincheira concluída e parada há quatro anos, pela opção de entregar aos empresários de ônibus recursos sem retorno para os curitibanos de aproximadamente R$ 450 milhões.

Mas também ajuda João Arruda (MDB) outro crítico das políticas públicas vazias do atual prefeito de Curitiba.

João Guilherme de Moraes, do Novo, é outro que está aproveitando os vacilos do candidato a reeleição.

Goura (PDT), Christiane Yared (PL), Paulo Opuszka (PT) e Carol Arns (Pode) que podem explorar as contradições da gestão de Greca, passaram batidos e preferiram outros pontos para pontuarem no horário eleitoral gratuito de televisão.

7 COMENTÁRIOS

  1. Minha rua foi asfaltada, tá bem iluminada, a Unidade de Saúde entrega os remédios que preciso e acabaram as enchentes. Rafael Greca tá fazendo um bom trabalho, prefiro que ele continue como prefeito. Os outros nada fizeram por Curitiba e só sabem criticar a cidade

    • Minha rua está escura, o asfalto está um lixo, nunca foi lembrada por nenhum prefeito, nem pelo Beto Richa que elegeu Greca. Estou cheio dos mesmos. Renovação já. Queremos Goura!!!!

    • Ele nada mais tem do que manter um projeto do poder pelo poder.
      É um politicozinho de segunda categoria, que desde que se reelegeu nunca teve um projeto real para Curitiba.
      Renovou a sucateada frota de ônibus, para socorrer os amigos do transporte coletivo, nunca foi em benefício aos passageiros, que aliás vão passar o verão mais quente do seculo sem um ônibus com ar condicionado sequer.
      A cidade depois se 4 anos está um nojo de obras inacabadas nós 4 cantos.
      Centro da cidade está fedendo, tomado por moradores de rua e pedintes.
      Linha Verde continua cumprindo bem o seu papel, de ser só um ralo de dinheiro público, agora com a obra sendo tocada pela Construtora Triunfo que também está na Operação Lava Jato.
      Rafael Greca é um total desastre para Curitiba.
      Sandro de Castro
      Jornalista – ABJ n. 3508

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here