Durou um dia a frente ampla da esquerda curitibana

Goura (Foto: Alep/Arquivo)

A nota divulgada pelo candidato do PDT à Prefeitura de Curitiba, deputado estadual Goura, foi uma ducha de água fria para o Partido dos Trabalhadores que desejava fazer uma frente ampla de esquerda contra a direita representada pelo deputado estadual Delegado Francischini (PSL) e a gestão retrógrada de Rafael Greca (DEM).

Goura afirmou “não ter o tempo necessário para que seja construída de forma transparente, ética e representativa de todas as forças envolvidas no processo. Isso deverá se dar ao longo da campanha e na batalha para que tenhamos um segundo turno nestas eleições municipais.”

Resumindo: o PDT não quer o PT como companheiro de chapa como em 2012 e sinaliza posição semelhante para as eleições presidenciais e estaduais de 2022.

23 COMENTÁRIOS

  1. Sempre apoiou o Pt , inclusive as políticas defendidas pelo Pt e agora usa uma desculpa barata pois sabe que o Pt é uma âncora. Já virou mais um representante da velha política .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here