R$ 37,7 milhões da Assembleia servirão para custeio de leitos de UTI e enfermaria

Manutenção de leitos de UTIs e enfermarias, além da compra de equipamentos de proteção para os profissionais que atuam no combate ao Covid-19 no Paraná serão garantidos, por no mínimo 30 dias, com os recursos que a Assembleia Legislativa do Paraná está repassando ao Fundo de Estado da Saúde.  O anúncio foi feito pelo primeiro secretário da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), durante a sessão plenária desta segunda-feira (06).

O valor de R$ 37,7 milhões que estava no Fundo de Modernização da Assembleia Legislativa servirá, de acordo com Romanelli, para custear 1.500 leitos de UTI e enfermaria por um período de 30 dias. “No plano de aplicação prévio custearemos com R$ 22,5 milhões, considerando que a UTI custa em média R$ 800,00 ao dia, 600 leitos por 30 dias no valor de R$ 14,4 milhões. Da mesma forma, a diária de uma enfermaria custa em média R$ 300,00 e esses recursos podem financiar por 30 dias a execução de 900 leitos de enfermaria exclusiva ao covid ao custo de R$ 8,1 milhões. Dos seis meses necessários para o enfrentamento ao covid no Paraná, um sexto vai ser pago com recursos da Assembleia”, relatou.

O convênio com o Governo do Estado para formalizar o repasse será assinado hoje. O restante do recurso, R$ 15,2 milhões, servirá para comprar “máscaras, luvas, aventais e outros equipamentos de proteção individual que serão distribuídos aos municípios de acordo com o critério per capita e de estabelecimentos sanitários instalados nos municípios “ disse Romanelli.

Para o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), a atitude da Assembleia é a demonstração de que o Poder Legislativo está trabalhando em sintonia com a sociedade e assegurando o direito ao atendimento de saúde da população, devido à emergência ou calamidade pública. “A Assembleia mais uma vez, diante dessa crise grave no estado e no país e que preocupa a todos nós, tomou a iniciativa de devolver os recursos para poder contribuir com o Governo nessa crise, que também será econômica e que vai assolar o estado na arrecadação de impostos”, disse. “Esses recursos seriam utilizados para a modernização de alguns setores da Assembleia. Abrimos mão para socorrer o estado. É a contribuição que o Poder Legislativo está dando nesse momento em que há a necessidade de que todos nós venhamos a nos unir para passar e superar essa grave crise”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here