Abalada por denúncia, Câmara de Curitiba segura aumento salarial

Palácio Rio Branco (Rodrigo Fonseca/CMC)

Para evitar críticas da população com relação aos salários dos vereadores em ano eleitoral, a Câmara Municipal de Curitiba não vai dar aumento para os membros da próxima legislatura, que inicia no dia primeiro de janeiro de 2021.

Os subsídios dos eleitos a partir da posse vai estar em torno de R$ 15.594,73, mas eles poderão continuar contratando até sete comissionados no gabinete, além de dividir cargos da Mesa Diretora, liderança e se for base do governo, boquinhas nas regionais e até mesmo em secretarias municipais.

A atual legislatura vem atravessando problemas, a vereadora Kátia Dittrich foi acusada por funcionários de fazer rachadinha, nesta semana, outra denúncia foi protocolada, com apresentação de vídeo, mas o corregedor Mauro Ignácio (PSB) ainda não liberou para a imprensa o nome do vereador ou vereadora.

3 COMENTÁRIOS

  1. NÃO sei quem ê…???
    Mas legislatura passada liberavam p imprensa na hora…
    E o argoz já mandava direto p uma comissão processante….
    E o vereador exclaxado na imprensa….
    Puxa e agora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here