Rafael Greca terceiriza fracassos na administração para o Governo Federal

Rafael Greca (Foto: Rodrgio Fonseca/CMC)

Faltando menos de onze meses para o término do mandato do democrata no Palácio 29 de Março, Rafael Greca (DEM) justificou o atraso de obras em Curitiba, criticando o Governo Federal: “Brasília não está funcionando, como deveria,” mesmo com o partido sendo base aliada de Jair Bolsonaro e tendo o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia.

Greca aproveitou os microfones abertos na Câmara de vereadores para começar fazer promessas, falando que irá pedir empréstimos de US$ 61 milhões para o The New Development Bank (NDB), o novo banco de Desenvolvimento do BRICS, mas que dificilmente chegará para ajudar terminar o prometido antes do período eleitoral.

12 COMENTÁRIOS

  1. Quando se está perdido começa assim. Nunca assume a culpa, busca encontrar alguém de fora para culpar. O rei do asfalto desnecessário precisa assumir os erros de esquecer assuntos importantes como educação, saúde e até mesmo cultura. Alias a gestão da FCC está um lixo. Precisamos abirr a caixa preta do ICAC, senhores vereadores.

  2. Campanha eleitoral é assim mesmo. Promessas, promessas e promessas. Grequinha prometeu o Pronto Atendimento Infantil (PAI) e nada. Prometeu melhor Curitiba, mas a única coisa que fez foi embonecar a cidade. Nada mais.

  3. Gestão depressiva… Nada que ele começa ele consegue concluir, além de plantar árvores e pintar ruas de emulsão asfáltica e chamar de asfasto novo… Gastador exagerado com uma gestão de mentiras

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here