Ex e atual reitores da UEPG são multados por falha contábil

Miguel Sanches Neto (Foto Kraw Penas/SEEC)

O Pleno do Tribunal de Contas do Paraná (TC-PR) julgou regulares com ressalvas as contas de 2018 da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), de responsabilidade do reitor Miguel Sanches Neto e de seu antecessor no cargo, Carlos Luciano Sant’ana Vargas. Mesmo assim, ambos foram multados individualmente em R$ 4.196,00 – quantia válida para pagamento em janeiro.

As penalizações foram motivadas pela falta de realização das conciliações bancárias e pela não regularização das divergências de saldos bancários com a escrituração contábil no respectivo mês de execução da conciliação bancária.

Os membros do Tribunal Pleno ainda decidiram pela expedição de três recomendações à direção da universidade:  adotar medidas para aprimorar o controle interno; promover, em seu Portal da Transparência, a atualização das informações relativas às receitas, despesas gerais e despesas com diárias e adiantamentos; e adotar medidas com a finalidade de dar continuidade às tratativas com a Gestão da Central de Viagens.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here