PSD dificulta filiação para eleição de 2020

Executiva do PSD de Curitiba (Foto: divulgação)

Com quatro cadeiras na Câmara Municipal de Curitiba, a executiva do PSD quer dificultar a entrada de filiados incompatíveis com as mensagens do governador Carlos Massa Ratinho Junior, ao aprovar resolução que impede pessoas com mandato eletivo na capital de ingressarem na legenda sem aprovação dos dirigentes municipais.

O vereador Beto Moraes planeja trocar o PSDB pelo PSD na janela de transferência, que abre em março e vai até abril de 2020, e não deve encontrar resistência. por ser aliado antigo do mentor da carreira dele no legislativo municipal, o deputado Mauro Moraes.

A resolução também dificulta uma possível filiação do vice-prefeito Eduardo Pimentel, hoje no ninho tucano, especulado para se filiar em diversas legendas visando a eleição de 2020, inclusive a sigla de Leprevost, também pré-candidato à Prefeitura de Curitiba.

O texto aprovado é claro: “Fica decidido que qualquer pessoa com mandato eletivo em Curitiba e que queira entrar no PSD precisará passar pela aprovação da Executiva Municipal do partido para efetivar a sua filiação e possível candidatura à eleição proporcional ou majoritária em 2020, ficando em caso contrário inviabilizada a candidatura”.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here