Traiano assegura Colégio Militar para Beltrão e avançam tratativas para Aeroporto Regional

Ademar Traiano e Ratinho Junior com representantes da AMSOP

O deputado Ademar Traiano em audiência hoje (9) com o governador Ratinho Junior de o prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana, obteve o compromisso da instalação, com todo o investimento por parte do governo do Estado, de uma escola militar na cidade.

Segundo Traiano, “tenho a satisfação de anunciar mais uma grande conquista para nossa cidade. O governador Ratinho Junior se comprometeu, para já no início do ano que vem, firmar um acordo para viabilizar uma escola militar em Francisco Beltrão dentro dos parâmetros que existem hoje nas escolas militares na capital do Estado”.

O prefeito Cléber comemorou a conquista para a cidade. “É uma realização importante, eu quero agradecer ao deputado Traiano, que viabilizou essa escola. Ela será implantada em uma estrutura que já existe, mas que terá todo o investimento do governo estadual. Para Francisco Beltrão é muito importante, e vai servir também para consolidar ainda mais a importância econômica e política da nossa cidade. Só as cidades polos receberão essas escolas militares, que são consideradas unanimemente padrões de excelência em educação”, destacou.

Ainda na audiência com o governador, com a presença de 6 prefeitos representantes da AMSOP (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná), do secretário da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, lideranças empresariais e deputados da Região Sudoeste, foi tratado da construção do Aeroporto Regional do Sudoeste.

As tratativas estão avançadas junto a Secretaria da Aviação Civil, e o encontro demonstrou que existe uma união de toda a Região em torno da necessidade da construção dessa obra que é um sonho acalentado há dez anos pelo Sudoeste é considerado essencial para promover o desenvolvimento da Região.

Segundo Traiano, “o assunto amadureceu, evidenciou-se a unidade política do Sudoeste do Paraná em torno dessa bandeira. O governador firmou o compromisso de trabalhar um convênio com a União, para que o projeto inicial possa ser desencadeado. Sem um projeto de viabilidade financeira, de fluxo de passageiros seria uma utopia trabalhar nessa ideia”, destacou. “Mas, o fundamental é dar o ‘start’ (largada) e o governo Ratinho Junior assumiu esse compromisso. Determinou que o secretário de Infraestrutura e Logística que inicie as tratativas com a Secretaria de Aviação Civil em Brasília. Acredito que, a partir dessas tratativas, os demais passos vão acontecer dentro do que se estabelece como parâmetro para uma iniciativa dessa magnitude”.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here