A placa na Linha Verde expõe atraso na entrega de trincheira

(Foto: colaboração JC)

Iniciada em julho de 2016, no último ano da gestão de Gustavo Fruet (PDT), pré-candidato à Prefeitura de Curitiba, a obra da trincheira da Rua Fúlvio Alice era para ter sido concluída em julho passado, porém, quem passa no local descobre facilmente que serão gastos muitos milhões antes da conclusão.

O atual prefeito Rafael Greca (DEM) disse, em uma jogada de marketing, que faria no trecho da Linha Verde outras cinco trincheiras, mas pouca gente acredita, pois nem conseguiu dar continuidade e terminar uma passagem na parte norte, mas pode passar para a história como o único dos últimos prefeitos a terminar a gestão sem ter inaugurado nada importante na via.

12 COMENTÁRIOS

  1. Vai ter dificuldades p explicar.
    Porque deixou de dar atenção em sua gestão em acabar o trecho norte e uma única trincheira iniciada por Gustavo Fruet , que conclui um trecho da linha verde e fez o trecho sul e inaugurou uma trincheira do Capão da imbuia, puxa perdendo o Gugu

  2. Rafael Greca é um prefeito medíocre, parece arroz de festa, só serve para contar histórias e cantar o hino de Curitiba. A cidade merece mais, muito mais. É uma vergonha pra quem já foi modelo para o mundo se satisfazer com asfalto mau feito e obras caras que não terminam nunca. Vaza Greca!

  3. As prioridades do Greca são: asfalto onde não precisa, manter a passagem do transporte coletivo alta, tomar água mineral importada, ir para o hospital se tratar e sauna.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here