Fogo amigo contra Ricardo Barros

Ricardo Barros (Foto: Agência Câmara/Arquivo)

Da Crusoé:

“Os deputados Arthur Lira e Aguinaldo Ribeiro, líderes do PP e da Maioria na Câmara, respectivamente, trabalharam incansavelmente contra a indicação do ex-ministro da Saúde Ricardo Barros (foto) para a primeira vice-liderança do governo no Congresso.

O clima na legenda era de guerra. Foi preciso que o presidente do PP, senador Ciro Nogueira, e o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, entrassem em campo para aparar as arestas.

Ao nomear Barros, Bolsonaro quer reforçar a articulação política. O ex-ministro também conhece como poucos o funcionamento do Orçamento Federal, no entender de dirigentes do PP. Principalmente os seus atalhos.”

A notícia foi replicada pelo site O Antagonista, onde os comentários comparam Barros a Renan Calheiros e centram críticas ao presidente Bolsonaro, já que o maringaense foi relator da lei do abuso de autoridade (quando foi contra Sergio Moro) e é vice-presidente da CMPI das Fake News.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here