Sismuc e Sismmac emparedados por Rafael Greca

Palácio 29 de Março (Foto: Eduardo Matysiak)

As propostas enviadas à Câmara Municipal de Curitiba atingindo os sindicatos e o funcionalismo da capital paranaense pelo prefeito Rafael Greca (DEM) emparedaram os dois principais sindicatos da categoria: o Sismuc e o Sismmac.

As propostas de Greca apontam para limitar e desarticular a representatividade dos servidores municipais, abrindo espaço para evitar críticas as possíveis terceirizações, tanto na Educação como na Saúde – no futuro, possivelmente, em outras áreas.

A queda de braço está obrigando os sindicatos a tomarem uma atitude, possivelmente uma greve, paralisando os principais serviços da gestão Greca, para levar caos administrativo à prefeitura.

Os representantes do funcionalismo sabem que sem radicalização a tendência é o bicho pegar, levando os sindicatos ao fundo do poço.

7 COMENTÁRIOS

  1. Sabe o que é pior?? Sem briga dos sindicatos da 3,5% de aumento… Com briga dos sindicatos 0% de aumento e ainda mais terceirização… Acho que não entenderam o recado com a lei das OSCIPS e da terceirização nos serviços da PMC. Hoje o funcionalismo está virado em nada… Perdeu força… Deixaram passar coisa pior… Agora tem que aguentar…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here