Frente de partidos pode afastar Rafael Greca do 29 de Março

João Arruda (Foto: Fundação Ulysses Guimarães/Twitter)

Além das candidaturas fortes do PSD, de Ney Leprevost, e do PSL, de Fernando Francischini, vem crescendo a ideia de uma terceira via para disputar a eleição municipal de quatro de outubro de 2020, contra o prefeito Rafael Greca (DEM): a união deve envolver o MDB, de João Arruda; o PSB de Luciano Ducci e o PDT, de Gustavo Fruet e Goura.

Arruda ao defender a aliança durante a convenção nacional, no domingo, mostra que vem tentando costurar apoio de outras legendas e colocando o partido dele como protagonista nas principais cidades do país Paraná, onde a sigla mostrar resposta nas pesquisas eleitorais.

Caso se concretize a dobradinha, resta saber quem vai ter a humildade de aceitar a vice ou ficar de fora na majoritária para apoiar a chapa.

18 COMENTÁRIOS

  1. MDB está com tudo neste mês de outubro, um ano antes da eleição. Agora resta saber se vai ter fôlego para o mesmo período em 2020. Mas está interessante. Há anos o MDB não agitava tanto. Era um marasmo quando o Requião era o todo poderoso.

  2. João Arruda está saindo melhor que a encomenda. Os medebistas não devem estar com saudades do Requião. Estão construindo um partido de verdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here