Líder do prefeito tenta desqualificar argumentos de vereadora

Pier Petruzziello (Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

Pier Petruzziello (PTB) ao responder as declarações da vereadora do Partido Verde, Maria Letícia, buscou levantar dúvidas como ela conseguiu os documentos que comparava os preços das UPAs do CIC e do Tatuquara e ignorou que foram repassados pelos Sindicatos dos Médicos, conquistados na Justiça.

Segundo os pares da bancada de apoio, Petruzziello busca as informações de projetos polêmicos apenas de última hora, sobrecarregado os trabalhos dos assessores do gabinete e do assessor Rodrigo Ajuz, encarregado de fazer o meio campo entre o legislativo e o executivo, o que pode acarretar insegurança e ataques pessoais.

O líder só se não deu mal, porque foi socorrido pelo segundo secretário, Mauro Ignácio (PSB), que fez o trabalho de casa e não ligou para a secretária Márcia Huçulak enquanto a verde discutia a proposição.

Dalton Borba (PDT) contestou as palavras de Ignácio com uma aula jurídica e apontando que a mudança vai causar prejuízos financeiros aos cofres da cidade, driblando uma decisão do Supremo Tribunal do Trabalho que proibiu a terceirização das unidades de saúde.

O petebista age na contra mão do que fazia o ex-líder Mário Celso Cunha nas gestões de Cássio Taniguchi (1997/2004) e Beto Richa (2005/2010_, que chegava na casa legislativa por volta das 5h, estudava as propostas e moía a oposição.  

5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here