MDB expulsa três vereadores

Roseli Abrão informa que o MDB paranaense expulsou três vereadores do partido – Ademir Antunes Branco, Leocir José Motter e Osni Eising – sob acusação de infidelidade partidária , atentado à ética partidária e atividade política contrária as questões de ordem do partido.

Do processo analisado pelo Conselho de Ética, que por unanimidade votou pela cassação dos mantados, pesa sobre eles não só a acusação de terem apoiado candidatos de outros partidos nas eleições do ano passado, inclusive ao governo do Estado, mas também de terem votado pela cassação do então presidente da Câmara Municipal, o emedebista Rodrigo Jair Diefenthaler, num processo revertido pelo Tribunal de Justiça do Paraná, que o considerou “fraudulento”.

Além de votarem a favor da cassação do ex-presidente da Câmara, os três vereadores foram acusados de formarem uma frente parlamentar que elaborou um decreto legislativo para impedir uma licitação da prefeitura, cujo titular Estanislau Mateus Franus, é do MDB.

O Ministério Público da Comarca contestou o decreto legislativo por suscitar uma possível ação dos vereadores para favorecer indevidamente empresas da área de saúde de Cafelândia.

O decreto foi retirado e o MP instaurou inquérito para apurar irregularidades.

Cabe aos três vereadores recurso da cassação.

Leocir José Motter (Foto: divulgação)

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here