CPI da JMK define presidente e relator

Os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da JMK elegeram por unanimidade o deputado Soldado Fruet (PROS) como presidente e o deputado Delegado Jacovós (PR) com relator do grupo de trabalho.

A vice-presidência ficou com o deputado Tião Medeiros (PTB).

A CPI vai investigar os contratos do Governo do Paraná com a empresa, que é responsável pela manutenção e gestão de frotas de veículos oficiais do Executivo paranaense.

De acordo com Fruet serão analisados todas as denúncias, “inclusive envolvendo uma mulher de um sócio oculto da JMK, com cargo no Tribunal de Contas do Paraná (TC-PR), e se houve participação de uma banca de advocacia de um irmão de outro envolvido”.

“Com base nos documentos, vamos definir a convocação para os depoimentos. A CPI foi instalada para apurar irregularidades”, explicou.

A próxima reunião está marcada para terça-feira (11), às 11 horas da manhã.

O prazo para a realização dos trabalhos é de 120 dias, podendo ser prorrogado por mais 60 dias.

Delegado Jacovós e Soldado Fruet (Foto: Dálie Felberg/Alep)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here