Aplicativo da Assembleia ganha o 1º lugar em prêmio nacional de inovação

O aplicativo “Agora é Lei no Paraná”, criado a custo zero pela equipe de comunicação da Assembleia Legislativa do Paraná ganhou hoje (25), em Florianópolis, o 1º lugar no Prêmio Redes WeGov, evento nacional que seleciona os melhores e mais criativos projetos de governança eletrônica do Brasil na Feira de Cases de Comunicação.

Kátia Chagas, diretora de Comunicação da Assembleia, comemorou a vitória do “Agora é Lei”: “Concorremos com 26 projetos de inovação no setor público de todo o país! Estou muito feliz por estar aqui num evento com 500 pessoas e poder mostrar como a Assembleia Legislativa do Paraná vem buscando formas diferentes de se comunicar com os paranaenses. Estamos cumprindo a orientação do presidente Ademar Traiano de inovar e modernizar a comunicação, colocando a Assembleia mais perto das pessoas e trazendo a população para participar da vida pública”.

O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano, comemorou o salto de qualidade obtido pela comunicação da Alep nos últimos anos:“Hoje a nossa Assembleia trata de igual para igual com as maiores corporações do serviço público brasileiro. Nossa comunicação, sob o comando da jornalista Kátia Chagas, opera com o que há de mais moderno e buscando novas formas de ampliar a divulgação e de aproximar a Assembleia do cidadão”.

O “Agora é Lei” concentra em uma plataforma única 270 leis que tratam de compra e venda de produtos e da prestação de serviços, auxiliando o consumidor a conhecer a legislação e também a cobrar seus direitos. Todo o projeto foi elaborado pela equipe da Diretoria de Comunicação, com o suporte técnico da Diretoria de Tecnologia da Informação, sem qualquer custo para o Poder Legislativo. “Apenas com o trabalho e o talento dos funcionários da Assembleia criamos um aplicativo que além de dar destaque para a atividade dos deputados, coloca nas mãos das pessoas um poderoso instrumento na defesa dos seus direitos”, diz Traiano.

Além do Paraná, disputaram o Prêmio WeGov, entre outros, programas da Advocacia-Geral União, da Agência Nacional de Águas, do Tribunal de Contas da União, prefeituras de Balneário Camboriú, do Governo do Rio Grande do Sul, do Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso, do Tribunal Regional Eleitoral do Pará e da Justiça Federal no Rio Grande do Norte.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here