Traiano comemora seleção de projeto da Assembleia para prêmio nacional

O aplicativo de celular “Agora é Lei no Paraná”, criado pela equipe de comunicação da Assembleia Legislativa do Paraná, premiado em 2017, acaba de ser selecionado para disputar mais um prêmio nacional. Trata-se do “Prêmio Redes WeGov”, um dos mais importantes reconhecimentos de projetos e soluções de governo eletrônico do Brasil.

“Nossa equipe de comunicação, comandada pela jornalista Kátia Chagas, se consagra mais uma vez. As inovações criativas que produzimos nos últimos anos – para aproximar o Parlamento da população – acumulam uma série de prêmios nacionais. Uma prova de que estamos no caminho certo”, disse hoje (12) o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano.

O “Agora é Lei” foi produzido a custo zero pela equipe da Diretoria de Comunicação com apoio do setor de TI e já havia conseguido uma distinção nacional com a menção honrosa no Prêmio E-Gov do Ministério do Planejamento e da Associação Brasileira de Entidades de Tecnologia da Informação e Comunicação – Abep.  

O Redes WeGov é o novo desafio para o aplicativo da Assembleia do Paraná. O WeGov é um evento que reúne o que existe de mais inovador na área de governo eletrônico. É voltado para agentes públicos e estudiosos da administração pública, que reconhecem a importância da utilização das redes sociais e da tecnologia na melhoria do relacionamento e prestação de serviços ao cidadão, como ênfase em permitir mais transparência na gestão pública.

Para ser selecionado pelo Prêmio WeGov o aplicativo da Assembleia disputou com 26 pesos pesados de todo o Brasil na Feira de Cases (criações) do WeGov. Apenas 10 foram selecionados para apresentar seus projetos no dia 25 de abril em Florianópolis. Outro selecionado, por exemplo, foi a Advocacia-Geral da União, com a iniciativa “Conversa com a AGU, que desenvolveu um projeto voltado para tornar as decisões de teor jurídico da AGU mais acessíveis ao público.

Em 2017, o “Agora é Lei” disputou com 88 concorrentes do Brasil inteiro, ficou entre os 12 finalistas e, entre os premiados, foi o único dispositivo desenvolvido por um Legislativo estadual. O aplicativo permite que qualquer pessoa, de qualquer lugar, acesse quase 300 leis estaduais em defesa do consumidor. O dispositivo estabelece ainda uma conexão direta com o Procon, no caso de a lei estadual não ser respeitada.

Além do “Agora é Lei”, outros projetos desenvolvidos pela Assembleia do Paraná, todos com participação direta da Diretoria de Comunicação foram premiados. A Assembleia venceu o “Prêmio Boas Práticas Eleitorais”, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, que premiou as reportagens e entrevistas realizadas pela TV Assembleia, sobre o recadastramento eleitoral e o cadastramento biométrico. O projeto Geração Atitude recebeu o Prêmio CNMP 2017 do Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público em Brasília. Foi classificado na categoria “Redução da Corrupção”, disputando com projetos de todo o país.

Ademar Traiano e Káti Chagas (Foto – divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here